sábado, 8 de março de 2008

Crente de gravata, use camisinha!

Este é o título do polêmico e já famoso texto de Caio Fábio sobre sexo na igreja. Com sua perspicácia habitual, o reverendo expõe como a atitude de fingir que o problema não existe acaba por agravá-lo.

Sem dúvida, alguns ficarão chocados com a forma que o pastor tratou o tema, mas não há como tapar o sol com uma peneira, pois, nas palavras do próprio autor, “os crentes transam; e transam muito”. Esta é uma verdade que, se formos francos o suficiente para admiti-la, teremos muito mais condições para equacionar o problema.

Recomendo a leitura do texto, que pode ser encontrado em: http://www.caiofabio.com/novo/caiofabio/pagina_conteudo.asp?CodigoPagina=0331700012.

Anderson

3 comentários:

andre_jusfilosofo.zip.net disse...

Anderson, Caio está certo, crente de gravata tem de usar caminsinha!! Igrejas são levadas a crÊr que o não falar em AIDS, leva a purificação do rebanho. Que camisinha é para os de "fora"; do "mundo". E quando "alguem" aparece gravido na Igreja, é um rebuliço. Já ouvi dizer da boca de um pastor (sem nomes) que é normal engravidar, afinal ela não era um "profissional do sexo". Será mesmo que precisa ser um profissional do sexo para saber como se proteger? E será que temos que ver feridas abertas de pais que perderam seus filhos com AIDS dentro da Igreja? A misericordia de Deus, nos alivia do pecado, e somos fortalecido de gloria em gloria. POrém como todos sabemos, o fruto do pecado e morte (porém acredito que o espírito morre, mas poderiamos tentar salvar o rebanho, para tentar resgatar vidas pra DEus, não será essa Sua Vontade??). By Andre

Edgard Freitas disse...

Não acho que seja boa essa postura. Como pode um pastor (ou padre, no meu casom que sou Católico) aconselhar contra o pecado, e depois instruir como pecar com mais segurança?
A tarefa da Igreja (lato sensu, incluindo as protestantes, a ortodoxa e a católica) é servir de Bússula, não de biruta, virando ao sabor do vento do momento (procurem um artigo na internet chamado "a bússula e a biruta"
Não falta a ninguém informação sobre AIDS, camisinha, gravidez. Mas o que falta hoje, sobretudo, é quem lembre às pessoas: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma". (1 Cor 6:12)

abraços!

Fáttima disse...

Bem, acredito que não falar do problema não significa que ele esteja resolvido, e nem mesmo fingir ajudará muito,concordo que exista uma hipocrisia absurda no meio da igreja, mas não posso aceitar na integra a posição do Pastor Caio Fábio, muito embora concorde com a idignação presente no seu texto,e quando pensamos nessa hipocrisia por um instante dá vontade de pensar da mesma forma que o Pastor Caio, todavia não se trata aqui de escolher entre o "errado e o mais errado ainda", temos a opção de escolher o que é certo, ter consciência da posição que agrada a Deus,mesmo se porventura não venhamos fazê-la, ela nunca deixará de ser a certa!
Sola Gratia!

F.Lago