segunda-feira, 12 de julho de 2010

SOLA GRATIA: O Dia em Que Getúlio Matou Allende, de Flávio Tavares

É muito bacana quando você chega ao fim de um livro e pensa: "que pena que já está acabando...".
Foi isto que pensei ao chegar às últimas páginas deste.
O livro conta a história de alguns personagens que marcaram a fase democrática brasileira que antecedeu o Golpe de 64. O diferencial é que muitos fatos dos bastidores são trazidos à tona. Acabamos conhecendo um pouco mais sobre os seres humanos por trás dos grandes personagens.
Merece destaque o talento literário do autor. Apesar de jornalista, Flávio Tavares escreve como um verdadeiro romancista.