terça-feira, 12 de agosto de 2008

Tomando o Reino por esforço

Texto para leitura: Salmo 37.

“Tomar o reino de Deus por esforço”, foi o que Jesus disse que aconteceria.

Você se pergunta: Mas como? Se tudo da parte de Deus é graça?

Eu digo a você: Não há para o homem nenhum esforço maior do que aprender a descansar na Graça de Deus e no que já está feito para ele em Cristo!

Sim! Descansar é coisa que muita pouca gente consegue!

E que esforço é o que se requer para descansar?

Ora, é o esforço de confiar!

Assim, apenas veja se você descansa ou não a e em Deus tudo o que seja vida para você.

Grande é o esforço de lançar sobre Ele todas as nossas ansiedades, assim como nossas justiças próprias, nossas morais auto-justificadoras, nossas santificações externas e arrogantes, nossa empáfia espiritual, nossos status comunitário, nossa imagem, nossa segurança humana, nosso amores idolatrados, nossas paixões enganosas, nossa reputação, nosso nome, nosso poder de se impor pela autoridade humana, e tudo o que signifique honra, direito, justiça, vingança, ou poder de ferir ou de manipular.

Sim! Experimente apenas descansar.

Porém, veja que tudo em você se alvoroçará. Até mesmo de “irresponsável” você chamará si próprio por estar sem aflição em razão de ter entregado tudo ao Pai.

A idolatria da segurança pessoal é tão grande que descansar em Deus parece idiotice. Porém, eu pergunto: Que Deus é esse em quem não se pode confiar? É Ele apenas um ele de pau ou pedra? Será que é Deus mesmo? Ou será que nós é que dizemos que cremos Nele sem de fato confiarmos Nele? E como pode alguém crer desconfiando de Deus?

Assim, o reino de Deus é tomado por esforço, porém, o grande esforço é deixar de fazer força, e, apenas, descansar e confiar em Deus tudo quanto seja vida para você.

Será que ao invés de resolver por conta própria seus problemas afetivos você teria a coragem de não se meter e deixar tudo nas mãos do Pai?

Será que ao invés de manipular e maquinar no trabalho acerca de como prejudicar quem prejudica você, seria você capaz de apenas deixar tudo com Deus e esquecer o assunto?

Será que ao invés de buscar provar a todos que você não é quem eles dizem que você é, seria você capaz de deixar que sua justiça venha de Deus?

A lista de perguntas seria imensa. Mas você já tem uma idéia do que estou dizendo.

Tente não fazer força. Sim! Tente e veja como é difícil, pois, tudo em você clama por soluções que venham do seu braço, e não da confiança em Deus.

Você é do tipo que somente entrega tudo a Deus quando já faliu em todas as suas forças e supostas soluções?

Pense nisto!

Caio

3 comentários:

Fáttima disse...

O texto é simplesmente sensacional!Diante dele só me resta calar e refletir...

Edgard Freitas disse...

Não sei se entendi certo o texto. Mas não me parece prudente entregar tudo exclusivamente nas mãos de Deus, sem a cota de esforço pessoal. Quando Deus nos dotou de inteligência, livre-arbítrio, polegares opositores, andar ereto, ele nos dotou de todas as ferramentas necessárias para que possamos resolver a maioria de nossos problemas.... E ainda nos deu a baliza da Sua Palavra, como orientação em momentos de dúvida.

Anderson disse...

A vida cristã é um exercício de fé, mas uma fé que se lança em Deus pra viver ou morrer. Significa deixar o Senhor tomar as rédeas da nossa vida.
Obrigado a vocês pelos comentários.