segunda-feira, 28 de julho de 2008

Você é evangélico? Não parece...

Para alguns crentes, ouvir uma coisa como essa pode provocar uma intensa crise existencial. Afinal, o fato de ser cristão traz a grande responsabilidade de testemunhar o evangelho de Jesus, portanto, não basta ser, tem que parecer cristão.
Mas hoje não sei se ficaria decepcionado ou contente se alguém me dissesse que não pareço evangélico. É que hoje nossa igreja é associada a muitas coisas ruins. Há algum tempo, o estereótipo do crente era apenas daquele sujeito ignorante e radical em seus usos e costumes. Hoje, a imagem do evangélico é muitas vezes associada àqueles pastores pedindo dinheiro na televisão. Há também aquela quantidade imensa de crentes cujas vidas não correspondem nem um pouco à mensagem cristã.
Jesus disse que seríamos conhecidos como seus discípulos pelo amor. Era essa a imagem que gostaria que a igreja evangélica tivesse: de um povo que ama, perdoa e ajuda o próximo. Gostaria que as pessoas reconhecessem que sou evangélico quando pratico um ato altruísta, e não quando recuso bebida alcoólica, deixo de ir a alguma festa ou pela música que ouço.

3 comentários:

Fáttima disse...

Infelizmente isso tem acontecido, não parece "mais legal" sermos conhecidos como evangélicos, tem tudo isso aí que vc falou, Anderson, pesando sobre nós...Mas às vezes penso será que o erro não esteve sempre em nós?Ensinamos as pessoas o que realmente é ser um crente?(digo isso ao longo dos anos)Ou preferimos nas nossas pregações passar a idéia que crente é um estereótipo bem definido?Fizemos uma lista DO QUE PODE e NÂO PODE FAZER, e as pessoas começaram a nos julgar por elas!Categoricamente seremos conhecidos como cristãos pelo amor demonstrado em nossas ações, em nossos interesses, até mesmo em nosso olhar...mas quem tá preocupado com isso?Quem realmente acredita nisso?Infelizmente são tão poucos!

doulos tei disse...

o que significa de fato ser cristão?, se bem me recordo essa foi cunhado pelo fato das pessoas que aceitavam Jesus como filho de Deus ter se parecido com ele em atitudes, mas o que significa na verdade se parecer com Cristo? Engraçado as vezes somos tão sobrecarregados de responsabilidades morais e eticas com relação a condutas e normas que perdemos a essencia dessa coisa simples, certa ocasião ouvir um cara contar a historia de um mulçumano que se converteu ao cristianismo e teve que fugir de casa, passando muito dias ele adentrou numa cidade longe de sua provincia e pediu comida para uma mulher, ela se moveu de compaixão e lhe deu comida e água, no final oca ra foi embora; no entanto seu filho perguntou quem era aquele homem a mulher respondeu: eu não sei mas que ele se parecia com Cristo ele parecia... ou seja, a vida Cristã esta na simplicidade e não num conjunto de Dogmas e fundamentos que são construidos ao longo da historia, o evangelho é de paz, liberdade e responsabilidade, mas acima de td de sentimentos altruistas, o crente não deve na minah opinião ser conhecido pq é honesto, ou pq não mata, ou mente, ou pq não fuma pq essas caracteristicas não foram cunhadas para crente mas para todos os seres humanos, logicamente que os cristãos devem se esforça para vivver isso intensamente mas não para ser o nosso logotipo, nossa vida deve ser simples como o cristianismo primitivo e celta, amor liberdade e harmonia com a natureza, respeito, graça e reconhecimento da soberania divina em cada momento da vida, tão longe estamos dessas coisas mas podemos pelo menos tentar

Anderson disse...

Meu amigo, o nosso evangelho anda tão sofisticado que pouco se parece com aquela mensagem tão simples que o Mestre pregou...
Precisamos voltar à simplicidade do evangelho. Tudo o mais é periférico diante da essencialidade do amor, que é a marca identificadora do cristão.
Mas a verdade é que estamos tão apegados à esse nossa forma de viver que às vezes parece que não estamos realmente dispostos a viver a pregação de Cristo. Não queremos deixar de ajuntar tesouros na terra, não queremos dar a outra túnica, não queremos oferecer a outra face, não queremos buscar em primeiro lugar o Reino...
Sabe, cabe aqui a consideração de Paulo: "se é que ainda estais em Cristo..."
Deus tenha misericórdia de nós!
Ainda bem que o Senhor é gracioso...
Obrigado pelo comentário e volte sempre!